29 de fev de 2012

Capitulo 15/1 - Sozinha -

Eu estava com o coração partido, eu não entendia, eu nem o conhecia direito e parecia que uma parte de mim tinha se quebrado.
- Vanessa?
Paul disse entrando, eu estava com as cobertas até o pescoço.
- Tá passando mal?
Ele colocou a mão na minha testa. Eu acenei que não com a cabeça.
- Tá doendo Paul.
Eu disse com meus olhos cheios de agua.
- Aonde?
Ele disse preocupado, eu coloquei a mão no meu coração.
- Aqui.
Ele me abraçou e eu retribuí.
- O que houve Vanessa?
Eu não falava só chorava no seu ombro.
- Vanessa, o que tá havendo?
Ian não disse nada mais apenas nos abraçou.
- Own vou sentir a falta de vocês também.
Nós nos desabraçamos e o olhamos.
- O quê?
- Ian nossa irmã mais nova tá com o coração partido.
- É por isso que estamos abraçados?
- Dããh!
Eu rir, ele me olhou.
- O que houve?
Como eu ia explicar os ultimos acontecimentos?
- Zac foi embora!
- E é por isso que você tá chorando?
Ian perguntou, mais logo em seguinta Paul disse:
- Você gosta dele?
Eu não sabia...Eu gostava?Quer dizer ele sempre me salvo e nós já tivemos laços em outras vidas...
- Eu não gosto dele...É muito mais que gostar...Eu o amo.
Eu simplismente disse.
- Você não conhece ele não tem nem uma semana!
Paul jogou as mãos para cima.
- Eu sei...Eu só sinto que o conheço a minha vida toda.
- Tá chega tá na hora de contar a verdade!
Ian disse irritado.
- IAN!
Paul disse com um “não” no olhar.
- Que verdade?
Eu encarei os dois.
- IAN!
Ele suspirou e falou:
- Você e o Zac já tiveram um caso antes!
- O que?Como assim?
- Nesse ùltimo ano, vocês se conheceram em uma festa e ele passou a te ligar e então de uma hora para outra vocês estavam brigados e aconteceu o acidente.
- Mais ele morou aqui os últimos anos!
- Ele nunca esteve aqui, ele sempre esteve em Albuquerque.
- Quer dizer que...
- Que vocês namoraram e bem depois do seu “acidente” ele caiu fora.
- Como assim caiu fora?
Paul suspirou e eu o encarei.
- Como assim?
Reforcei a pergunta.
- O papai achava que ele não era uma boa influencia para você e então...
- Então?
- Ele mandou o Zac se afastar de você...E ele foi, sem pestanejar!
Eu sentia as lágrimas rolarem pela minha bochecha.
- Eu não acredito!
Eu gritei, me levantei e comecei a andar de um lado para o outro.
- Saiam daqui agora!
- Vanessa...
- SAIAM!
Eles hesitaram mais sairam, eu fui até meu closet e coloquei uma calça jeans uma blusa de frio e tênis All Star e me encaminhei para baixo.
- Você vai sair?
Ian disse com a tigela de cereal.
- Não é da sua conta!
Eu bati a porta o mais forte que eu conseguir e então eu caminhei para lá. Para o único lugar que eu me sentia segura.

*****************
Bem aqui tá outro.
Comentem ok?
Quero mais de 5...

Xoxo ♥

24 de fev de 2012

Atenção:

Pessoal não for postar se não tiver mais de 3 comentarios ok?
Poxa tenho uma segunda temporada em mente e vocês me fazem querer parar na primeira?
Zueira, mais bem me fazem feliz?mimi
Até mais...

Xoxo ♥

21 de fev de 2012

Capitulo 14/1 - Verdades -

- Bem...Eu não sei se você lembra quer dizer...Você perdeu a mémoria.
- Do que você está falando?
- O Acidente que mataram seus pais...Não foi um acidente...Foi o Christian.
- Quê?
Eu me acomodei mais na cama.
- Bem, ele queria que você fosse com ele...Seus pais...Eles não deixaram e então eles o mataram.
- Ele matou meus pais?
- Sim...Eu tentei me empedir...Me desculpe.
- Como eu não me lembro disso?Eu não...entendo!
- Ele salvou você e depois pagou sua memoria.
- Eu não tive amnésia por culpa do acidente?
- Não...Me desculpe..
Eu tentei me lembrar deles, eram felizes juntos...
- E...O que eu...Sou?
- Uma Hibrida.
- Hibrida?
- Metade Anjo...Metade Dêmonio.
- Tá...Mais eu nunca fiz nada tipo...Estranho.
- É por que seu lado Anjo só é ativado quando você quer...
- E o lado Dêmonio?
- Precisa de Sacrificio para isso!
- E o que o....Christian quer de mim?
- Ele quer ativarseu lado Dêmonio..O Sebastian.
- Sebastian o aluno novo?
- Sim ele é o seu irmão, só que Christian fez a mente dele...
- Peraí se Sebastian é meu irmão...O Diretor Guangco é o meu...
- É só um disfarce que ele e Sebstian usaram para se aproximaram de você!
- Nossa...Como você fez aquele lance com o Diário?
- São só memorias.
- E como você falava comigo?
- Eu não falava com você?Eu fazia você enchergar, mais eu não escrevia nada.
- Esse lance de Anjo..É sinistro.
Ela sorriu. Eu pensei no que ela disse.
- Quanta vezes eu reencarnei desde que eu...Morri?
- Essa é a Sua segunda reencarnação. A primeira você era filha de um fazendeiro e acredite Zachary quase morreu para te salvar.
- Zac?O que ele...É?
- Desculpe, mais isso, só quem pode te dizer é ele!
- Por quê?
- Só posso falar o que me foi permitido.
- Ele...Me salvou quantas vezes?
- Todas as vezes que você estava em perigo...No acidente...Ele conseguiu matar o corpo provisório de Christian, mais...Como sempre..Ele volta.
Ela disse desanimada.
- É muita coisa para raciocinar.
- É...Eu sei.
Eu suspirei.
- Eu tenho que ir...Fique longe do Diretor ok?
- Ok.
Ela desapareceu. Eu me deitei e adormeci.
                                                                    ----
Eu estava parada na estrada eu não sabia onde era, eu vi um cara parado no meio da estrada.
- Hey..Você saí daí, você vai ser atropelado!
Mais ele não me ouviu, eu fiquei ao seu lado e olhei para onde olhava, e então vi um carro vindo, tinha pessoas rindo dentro dele, forcei minha visão os vi...
- Mamãe, papai!
O cara do meu lado fez um sinal com a mão e o carro capotou.
- NÃO!
Eu corri até eles, tinha uma outra eu lá, estava com a testa sangrando e assustada. Eu naõ me lembrava disso e então ele estava do meu lado.
- Venha querida.
- Não me solta.
A Outra eu dizia.
- Você vai ficar bem.
Ele disse a segurando.
- NÃO!Você fez aquilo com eles...Você é um monstro.
- Você não pode falar assim comigo...Sou o seu pai.
- VOCÊ NÃO É A DROGA DO MEU PAI.
Ele a deu um tapa.
- Fica quieta. - Lágrimas corriam pelo o seu rosto junto com o sangue e eu estava ali vendo tudo e não podendo fazer nada.- Você não vai lembrar de nada o que viu aqui. 
- Não vou lembrar de nada.
Ela repetiu e caiu no chão.
- Tira as mãos dela Christian.
Era ele Zac e atrá dele Lilith.
- Ora, se não é a Dêmoniazinha e o Anjinho da guarda!
- Fica longe dela.
Zac voou para cima dele e eu pude ver novamente a cicatriz.
- Ospeciun elitio miolith elaion moor!
Lilith disse com os olhos totalmente pretos.
- O que você está fazendo ?
Christian disse com a voz super grossa.
- O que você acha?Te matando.
- NÃO!
- Espelhus moor yotinaty latius!
Uma fumaça preta saiu dele e então Zac quebrou o pescoço dele.
- Acabou.
- Não...O carro vai explodir.
Zac me pegou no colo e correu.
- Você vai ficar bem.
eu podia ouvir ele falando e então o carro explodiu comigo perto e então...
                                                                ----
Eu acordei ofegante, olhei para o relogio na minha mesa de cama, eram 6:59 o despertador começou a tocar, eu tirei as cobertas e me encaminhei até o banheiro, estav suada aquilo tudo era um sonho ou lembranças? Olhei para a minha escrivaninha e tinha um envelope. Me encaminhei até la..Olhei não tinha remetente abrir e lá tinha um anel e uma carta.
Ele foi embora, eu deveria esperar isso, afinal eu pedi que ele me deixasse. Me joguei na cama. Tudo que eu tenho eu destruo.
***********
Aqui está mais um Girls!
Quero mais de 5 Comentarios para o próximo okay?
Entrem  >> Eternal Flame
Xoxo ♥

17 de fev de 2012

Capitulo 13/1 - A Enrascada -

- Ana...Anabelle?
Ela estava ali na minha frente, como pode isso?Ela estava morta, morta!!
- Você precisa sair daqui.
Ela disse segurando meu pilso.
- Não...Como você pode estar aqui?Você está...Morta.
- Bem eu sou um anjo e não posso morrer, mais você sim agora vem.
Ela me puxou eu tirei meu braço.
- Não...Eu não vou a lugar nenhum com você!!
Após eu dizer isso um grande barulho soou um homem surgiu no final da estrada.
- Droga.
Anabelle sussurrou..
"Você precisa fugir."
Ela disse na inha mente.Eu balancei a cabeça.
- Minha doce Anabelle...Não sei nem como lhe agradecer por achar a nossa querida filha.
- Ela não é sua filha seu mostro!
Ela bravejou.
- OH! Como não?Ela é a nossa doce anjinha...
- Do que ele está falando.
Eu perguntei apavorada.
- É mentira...É tudo mentira.
Ela disse com raiva. Eu fui andando para trás.
- Está tentando fugir Eloíse?
Ele disse se digiindo para mim, eu não conseguia ver seu rosto, por que não?!
- Não sou Eloíse seu idiota velho e rapugento!
Eu disse e saí correndo, logo ele estava na minha frente.
- Olha como você fala com o seu pai.
Eu engoli em seco.
- Você não é a droga do meu pai.
Eu chutei sua canela e corri, eu olhei para trás e ele vinha furioso. " Corra, vou tentar dete- lô" Anabelle disse na minha mente, eu tropecei em um buraco e cai.
- Droga!
Estava doendo muito.
- AAAAAAH!
Anabelle tinha caido.
- Não...
Ele estava se aproximando mais e mais de mim, quando algo, ou alguém o joga no chão e o locauteia. Meus olhos estavam querendo fechar, meus olhos..Eu olhei para o homem de costas, tinha uma cicatriz enorme em forma de V invertido, pegava do pescoço até os rins...Mais o que era ele?..Ele olhou para mim.
- Zac?
Ele veio até mim, eu fui me arrastando para trás.
- Não deveria ter fugido.
- Como...?
- Eu não posso contar...
Eu me levantei, estava mancanco.
- Vanessa...
- Fica longe de mim...
- Deixa eu explicar.
- NÃO Fica longe de mim.
Eu tentei correr, mais estava dificil...
- Vanessa...
Ele me seguia..
- Fica longe...
- Eu não vou te machucar!
Ele repetia, eu tentei correr mais...Eu estava chorando, estava tão assustada.
- O que você é ?
 Eu gritei assustada.
- Eu não...Posso te contar, mais eu juro, eu nunca quis te ferir.
 Ele disse meio culpado..
- Fica longe de mim!
Eu disse chorando.
- Fica Longe!
Ele acenou que sim, eu tentei caminhar mais era dificil, eu me sentei quando meu celular começou a tocar.
#Ligação#
- Vanessa onde você esta?
Ian disse com raiava.
- Ian você pode me buscar?
- O que?Por quê?Vanessa onde você está?O que aconteeceu?
- Por favor vem me buscar!
- Tudo...bem onde você está?
- Na rua que vai para a floresta, por favor vem rapido.
- Tá..Não demoro.
#FIM#
Eu estav chorando, como isso tudo podia estar acontecendo comigo?Eu nem tinha ideia que essas coisas existiam...E que Zac era uma delas.

(...)

- COMO VOCÊ FOI PARA LÁ?
- Eu não sei tá?Eu só..Fugi.
- Tá quer dizer que vocês foram assaltados?
- É..
- Na floresta?
- Não...Quer dizer sim...Paul, Ian..Eu só quero...Dormir.
- Não vai você vai...
- Ian deixa ela..Amanhã a gente conversa Vanessa.
Eu acenei e subi, graças a meu irmão eu tinha um tornoze-ló enfaixado, ele disse que não quebrou que foi só uma contusão que logo, logo ia sarar. Entrei no meu quarto e me deitei na cama, já tinha tomado banho e comido algo..Eu estava tão confusa, se Demônios e Anjos existem quer dizer que eu sou um deles?
- Sim.
Eu me assustei, Anabelle estava parada na minha janela.
- Como...Você entrou.
- Entrando..Sua janela é facil de abrir.
- Sei...E o que você faz aqui?
- Zac discorda mais...Você precisa saber da verdade...Para o seu bem.
- Que verdade?
Ela me encarou e eu a ela, esperei por aquilo desde o dia em que invadiram minha casa. Agora chegou a hora.

*****
Bem, sorry pela demora.
O proximo tem que ter mais de 5 comentarios!

XOXO.

14 de fev de 2012

Não tem Capitulo hoje =(...

Eu sei, eu sei, na agenda tá marcado pra eu posta aqui hoje, mais como ontem eu não fui pra escola, hoje vou ter que copiar materias, bem amanhã posto no M.L.W.S.W.Y e Aqui okay?Não prometo, mais...Vou tentar!

Xoxo