1 de nov de 2011

Capitulo 3/1- Sendo Seguida

 - Deixem de ser chatos!
Disse Ian, enquanto a gente enfiava ele dentro do chuveiro...
- Não deixa você de ser criança!
Eu disse tirando a jaqueta dele.
- Você não é a mamãe...
Eu parei, ele tinha rasão..Eu não era mamãe...Mais eu sou a irmã dele.
- E você não é mais aquele bebezinho que a gente tem que tomar conta!
- Sua chata...
Eu liguei o chuveiro..
- AAAh tá fria.
- Não tem problema.
Fingir não me importar.

(...)

- E aí, como ele tá?
Perguntou a Nina.
- Tá dormindo...É um grande idiota!
- Concordo...
Disse Paul..
- Bem, eu vou indo...
Disse Nina...
- Eu te levo até a porta.
Disse.
- Eu vou ver o Ian.
Disse Paul...Eu caminhei com ela até a porta.
- Obrigada Vanessa.
- De nada. -Ela se virou...- Eu sei que você o ama..Ainda.
Ela se virou rapidamente.
- Como?
- Eu sei que você ainda é apaixonada pelo Ian...Deu para vê na sua cara Nina.
Seu rosto ruborizou.
- Não conta para ninguém não tá? - Eu acenei que sim com a cabeça.- Obrigada!
Ela entrou no carro e se foi...Eu subi para o meu quarto, e fiquei pensando nele...Zac, era tão lindo..E tão..Angelical.
- Oi..
Paul entro no quarto.
- Oi..
- Como tá?
- Bem, e você?
- Também, só um pouquinho preocupado com você..
- Por quê?
Perguntei franzindo a testa.
- Você é minha irmãzinha, eu tenho o direito de me preocupar com você.
Eu sorri.
- Eu sei...E a aquela menina..A Ashley, você gosta dela?
Ele sorriu.
- Acho que sim...Ela me pareceu legal, você sabe o meu...
- Tipo...Ela é exatamente como você imaginou.
Foi mais uma afirmação do que uma pergunta.
- É...E o cara que falo com você?Vocês conversaram muito?
- Não, foram só..Oi e Hãn..Ttchau.
- Humm...ele pareceu gostar de você...
- Como assim?
- Os olhos..Ele te olhava com tanto..Amor.
Eu sorri.
- Sério?
- Ér... - Eu bocejei.. - Vou deixar você dormir.
- Boa noite.
- Boa Noite.
Ele saiu do quarto, e então eu dormir, foi um sonho tranquilo para uma noite em um lugar novo...


(...)


- Bom dia!
Disse descendo as escadas.
- Bom dia Bela Adormecida.
Disse Ian com um saco na cabeça, ele tava fazendo alguma coisa...
- Como tá a cabeça?
Eu disse abrindo a geladeira.
- Tá latejando...Muito.
- Vai beber...
- Não precisa dar sermão tá?
Ele gemeu...Eu caminhei até a porta.
- Onde você vai vestida assim?
- Caminhar!Você sabe, faz parte do meu tratamento!
- Com essa roupa?
Eu estava com uma blusa com decote em V e um shortinho.
(Foto Aqui)
- É...Algum problema?
- Não, só que você vai fazer os ursos babarem...
Eu ri, ele é tão engraçado.
- Tchau Ian...
Eu sai e então fui corre, eu corri pela trilha da floresta, já que era perto, daria umas 10 voltas por pelo menos 1 hora, mais antes disso escutei um barulho vindo de perto de uma arvore oca.
- Oi?Tem alguém ai?
Eu disse, nossa como eu sou burra, se tivesse alguém ali era obviu que não ia dizer nada...Eu escutei o barulho de novo, e então corri para casa, eu entrei assustada.
- Que foi?
Paul perguntou, ele tava sentado na mesa.
- Alguém tava me observando.
Ele levantou.
- Quem?
- Eu...Não..Sei.
Disse ofegante.
- Não corre mais na floresta tá?
Eu balancei a cabeça.
- Cadê o Ian?
- Saiu com a Nina...Eles foram no supermercado...Você sabe compras, já que não temos nada.
- Certo..Vou subir.
- Ok descansa, as aulas começam amanhã.
- Nossa já?
- Pois é!
Eu subi, me troquei e desci.Ian tava deitado e Nina tava na cozinha, e Paul eu não sei onde estava.
- Oi.
- Bom dia.
- É oi.
Disse Ian com uma almofada na cara.Eu o ignorei completamente e fui até Nina.
- O que você tá fazendo?
- Almondegas.
- Adoroooo!
Ela riu.
- Você e Paul já estão matriculados..Minha mãe já cuidou disso.
- Agradeça a Ellen por mim.
- Claro.
- E Paul?
- Tá lá fora.
- Humm...
- Esse humm foi o que?
- Tô preocupada com ele ué...É meu irmão.
- Certo.
- Vou lá ver ele.
Eu fui até a varanda e o vi, ele olhava o rio.
- Oi.
Eu disse ao seu lado.
- Oi.
- Pensando em quê?
- Mamãe e Papai.
Ele disse sem me olhar.
- Eles eram... Incríveis.
- É..Ian nem ligava muito para esse negocio de família, mais depois que eles...
A gente não consegui falar a palavra Morte.
- Eu sei, ele era um babaca, fez a Nina se apaixonar, e depois a dispenso.
Eu disse olhando para o Rio.
- É, mais agora, ele se arrepende.
- Como você sabe?
O perguntei.
- Ele estava falando o nome dela ontem quando eu fui ver como ele estava...
- Ah..Ele gosta dela..Só não sabe.
Eu disse e ele me olhou.
- Isso aí.
Eu olhei para ele..
- Eu vou pintar...Isso me tranquiliza.
- Ok vai lá!
- Você vem?
- Depois.
Eu entrei e fui para o meu quarto e volte a pintar, só que eu não tinha idéia do que pintar, quando derepente eu senti sono, um sono incrivel.

Gente, tá aí mais um capitulo.
Espero que comentem muito nesse em!

Bjos

5 comentários:

@thais100zanessa disse...

AMEEEEII...quem sera q tava na floresta???? medo.. acho q sei quem é mais vou ficar calada =X
posta logo..
beijinhos :** love ya s222

Margarida Oliveira disse...

Cap. muito bom, a historia até é um pouco misteriosa

Margarida disse...

cap muito bom:)
posta logo
bjs

Vanessa disse...

AAAAAAaa Que lindo amiga!*---*
Nossa li a sinopse que linda tb, me apaixonei! rsrsrs
Amei muito essa história cheia de mistérios :))
Ai meu deus o que vai acontecer com eles hein? e qual é o segredo do Zac?
Line sua má, deixa a gente curiosa aqui u.ú
Parabéns pela fic, tá muito perfeita!
Beijos e Sucesso...♥

Anônimo disse...

cap incrível!!
muito bom.
posta logo!