15 de jun de 2012

Capitulo 6/2 - Pessoas Conhecidas. -

Eles encaravam o prédio em chamas. Os olhos de Vanessa estavam horrorizados.
- Não...
Vanessa sussurrou, seus olhos já estavam se enchendo de lágrimas.
- O que fazemos agora?
Vanessa os encarou.
- Salvamos as pessoas que estão dentro do prédio.
- Mais e o Henry?
- Eu vou atrás dele.
Disse enxugando uma das lágrimas.
- Eu vou com você.
Zac disse se pondo a sua frente.
- Aff se vão, vão logo então!
Ian disse entediado.
- Certo! Ian, Paul e Nina, tirem as pessoas do prédio eu e o Zac vamos achar o Henry.
Eles concordaram. Zac a encarou.
- Como vamos acha-ló?
- Eu posso senti-ló em qualquer lugar.
- Sabe onde ele agora?
Zac segurou sua mão. Vanessa sorriu, sentiu a presença mais forte ainda.
- Quando você me toca, sinto ele muito mais forte.
Zac sorriu, e segurou sua mão mais forte.
- Então vamos acha-ló.

[...]

- DIZ, DIZ QUE SE SACRIFICA!
Henry estava com os olhos inchados e sangrando.
- Eu não vou dizer...NUNCA!
Henry estava amarado em uma cruz de ponta a cabeça.
- Então eu não vejo outra escola a não ser te matar!
- Prefiro morrer a ser um mostro como você!
Cuspiu asperamente. Sebastian chutou mais uma vez sua barriga, e caminhou para o pequeno altar que tinha ali.
- Vamos fazer uma brincadeirinha...Se a sua mamãe não aparecer, eu mato você, se ela aparecer...Eu mato você mesmo assim.
Disse Sebastian pegando sua adaga, Henry suspirou, não fazia ideia de quem era Sebastian e por que fazia isso com ela.
- Bem, eu vou morrer de qualquer jeito, já que a minha mãe ESTÁ MORTA!
Ele tentou se soltar, a risada de Sebastian era tão alta que chegou a ecoar pelos corredores da escola de Seattle.
- Sua mãe morta? - a risada sessou - Bem ela estava...Até semana passada.
- Até semana passada?O que quer dizer com isso?
- Bem...Vou te contar a nossa pequena historia. - Ele se sentou em uma pedra alisando a adaga. - A minha mãe e o meu pai se conheceram na virada do século 19 para o 20, foi amor a primeira vista, coisa mais clichê!Bem minha mãe não sabia que era um Anjo e o meu pai, bem ele era um Demônio vingador,  eles se apaixonaram e pronto se casaram, não demorou muito para a minha mãe engravidar...De nós, como se uma mulher daquela época não soubesse como impedir uma gravidez. Bem isso não importa não é?Se ela tivesse você sabe abortado eu não estaria aqui. Eu e minha querida irmã nascemos, meu pai tinha medo dos outros Demônios, então a deu para um casal que não podia ter filho, nós eramos completamente diferente das outras crianças, bem meu pai queria nos proteger, então matou varias pessoas possuídas, mais a minha mãe não apoiava isso e então puft ele a matou também, só que bem...Anjos não morrem não é?Eles são imortais, e foi isso que aconteceu meu pai me criou e a minha irmã?Ele morria sempre que completava 18 anos, por que?Bem nós sempre tínhamos que a sacrificar para que  lado demônio dela acordasse, mais bem isso não aconteceu no passado e sabe por que?- Ele se levantou, seus olhos estavam cheios de ódio - POR CAUSA DO ABUSADO DO SEU PAI! - Ele respirou fundo - Mais isso não importa...Essas pessoas só são pessoas que eu conhecia. Bem, isso não importa agora ele está morto, quer dizer meu pai o matou, e eu bem eu matei a minha querida irmã...A sua mãezinha!- Ele fez cara de desgosto - Mais como eu disse assim, Anjos não morre. Sabe uma amiga minha Lilith prendeu a sua mãe no inferno por 17 anos...É ela estava no inferno, mais algo deu errado e ela fugiu, graças a minha não tão querida mãe. Bem e agora ela está por aí te procurando, mais não pense muito, ela não conseguirá te achar bem por que... - A cabeça dos dois se viraram para um barulho no telhado - O que é isso?
Ele perguntou ao Henry.
- Devem ser os pássaros.
- Não...Não são pássaros, na verdade...São anjos.
Os olhos de Henry se arregalaram.
- Você é doido, você acredita mesmo nessas coisas?Devia está doente!
Os olhos negros de Sebastian o encarou.
- Você vai morrer, aprendiz de Anjo.
Sebastian foi enfiar a faca no coração de Henry quando uma espada mair atravessou seu peito.
- O que...?
- Bem ninguém meche com o meu...- Zac tirou a espada - Filho.
O corpo de Sebastian caiu desacordado.
- Você matou ele?
Henry perguntou assustado. Vanessa saltou de uma das pilastras.
- Ele está bem?
- Sim...
Zac e Vanessa desamaram Henry, ele deita no chão com os olhos pesados.
- Zac acho que ele vai desmaiar.
- Henry você vai ficar bem.
Zac disse e logo ele desmaiou, Zac o pegou com a ajuda de Vanessa e levantam vôo naquela imensa quadra.

[...]

Vanessa observava Henry enquanto dormia, todos estavam ali: Ian, Nina, Paul, Ashley, Brittany, Amanda, Arielle e Annabelle.
- Ele está dormindo a 2 dias.
Ela disse preocupada. Zac segurou sua mão.
- Ele está bem...Deve está cansado só isso.
Disse tentando tranquiliza-lá.
- Não me perdoaria se acontecesse algo a ele.
- Eu também não..Ele é tão importante para mim agora, quanto para você.
Vanessa suspirou, e o encarou.
- Me desculpe ter  o escondido por tanto tempo.
- Você teve os seus motivos...
Ambos olharam para Henry quando um gemido escapou pelos seus lábios.
*****************************
Gostaram?Quero MUITOS comentarios Ok?
Xx

5 comentários:

Bárbara Oliveira disse...

Lindo, Lindo, Lindo, Lindo!
Adorei!
Posta Logo!
Bjinho!

Alinne disse...

Muuuuuuuuuuuiitoooo booom...
Ameei, ameei mesmo! ficou lindoo *_*
Posta logo!!
:*

@thais100zanessa disse...

AAAAAAAAAAAAAMEEEEEEEEI..AI AI AI AI AI AI AI AIN..MORRIIIIIIIIIIIIIIIII ><' AMEI DEMAIS.. MANINHA TU ME MATA =OOOOOOOOOOO' AI DEUS.. AGRA É ESPERAR KKK
BEIJINHOS :* LOVE YA S22

Lary' disse...

Line bb, será q vc divulga pra mim? http://garotasfabulosasbaby.blogspot.com.br/ é um blog que fala de tudo, e lá tem um link de web novelas
onde eu estou terminando de escrever Encontros e Desencontros.
http://zanessalaryfics.blogspot.com.br/
desde já obrigada bjbj

Bárbara Oliveira disse...

Sumidaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa..
Cade vc hein???
Quer matar mesmo a gente de curiosidade né??!!
Posta logo que ta lindo flor!!!!
Bjinho!!!