21 de fev de 2012

Capitulo 14/1 - Verdades -

- Bem...Eu não sei se você lembra quer dizer...Você perdeu a mémoria.
- Do que você está falando?
- O Acidente que mataram seus pais...Não foi um acidente...Foi o Christian.
- Quê?
Eu me acomodei mais na cama.
- Bem, ele queria que você fosse com ele...Seus pais...Eles não deixaram e então eles o mataram.
- Ele matou meus pais?
- Sim...Eu tentei me empedir...Me desculpe.
- Como eu não me lembro disso?Eu não...entendo!
- Ele salvou você e depois pagou sua memoria.
- Eu não tive amnésia por culpa do acidente?
- Não...Me desculpe..
Eu tentei me lembrar deles, eram felizes juntos...
- E...O que eu...Sou?
- Uma Hibrida.
- Hibrida?
- Metade Anjo...Metade Dêmonio.
- Tá...Mais eu nunca fiz nada tipo...Estranho.
- É por que seu lado Anjo só é ativado quando você quer...
- E o lado Dêmonio?
- Precisa de Sacrificio para isso!
- E o que o....Christian quer de mim?
- Ele quer ativarseu lado Dêmonio..O Sebastian.
- Sebastian o aluno novo?
- Sim ele é o seu irmão, só que Christian fez a mente dele...
- Peraí se Sebastian é meu irmão...O Diretor Guangco é o meu...
- É só um disfarce que ele e Sebstian usaram para se aproximaram de você!
- Nossa...Como você fez aquele lance com o Diário?
- São só memorias.
- E como você falava comigo?
- Eu não falava com você?Eu fazia você enchergar, mais eu não escrevia nada.
- Esse lance de Anjo..É sinistro.
Ela sorriu. Eu pensei no que ela disse.
- Quanta vezes eu reencarnei desde que eu...Morri?
- Essa é a Sua segunda reencarnação. A primeira você era filha de um fazendeiro e acredite Zachary quase morreu para te salvar.
- Zac?O que ele...É?
- Desculpe, mais isso, só quem pode te dizer é ele!
- Por quê?
- Só posso falar o que me foi permitido.
- Ele...Me salvou quantas vezes?
- Todas as vezes que você estava em perigo...No acidente...Ele conseguiu matar o corpo provisório de Christian, mais...Como sempre..Ele volta.
Ela disse desanimada.
- É muita coisa para raciocinar.
- É...Eu sei.
Eu suspirei.
- Eu tenho que ir...Fique longe do Diretor ok?
- Ok.
Ela desapareceu. Eu me deitei e adormeci.
                                                                    ----
Eu estava parada na estrada eu não sabia onde era, eu vi um cara parado no meio da estrada.
- Hey..Você saí daí, você vai ser atropelado!
Mais ele não me ouviu, eu fiquei ao seu lado e olhei para onde olhava, e então vi um carro vindo, tinha pessoas rindo dentro dele, forcei minha visão os vi...
- Mamãe, papai!
O cara do meu lado fez um sinal com a mão e o carro capotou.
- NÃO!
Eu corri até eles, tinha uma outra eu lá, estava com a testa sangrando e assustada. Eu naõ me lembrava disso e então ele estava do meu lado.
- Venha querida.
- Não me solta.
A Outra eu dizia.
- Você vai ficar bem.
Ele disse a segurando.
- NÃO!Você fez aquilo com eles...Você é um monstro.
- Você não pode falar assim comigo...Sou o seu pai.
- VOCÊ NÃO É A DROGA DO MEU PAI.
Ele a deu um tapa.
- Fica quieta. - Lágrimas corriam pelo o seu rosto junto com o sangue e eu estava ali vendo tudo e não podendo fazer nada.- Você não vai lembrar de nada o que viu aqui. 
- Não vou lembrar de nada.
Ela repetiu e caiu no chão.
- Tira as mãos dela Christian.
Era ele Zac e atrá dele Lilith.
- Ora, se não é a Dêmoniazinha e o Anjinho da guarda!
- Fica longe dela.
Zac voou para cima dele e eu pude ver novamente a cicatriz.
- Ospeciun elitio miolith elaion moor!
Lilith disse com os olhos totalmente pretos.
- O que você está fazendo ?
Christian disse com a voz super grossa.
- O que você acha?Te matando.
- NÃO!
- Espelhus moor yotinaty latius!
Uma fumaça preta saiu dele e então Zac quebrou o pescoço dele.
- Acabou.
- Não...O carro vai explodir.
Zac me pegou no colo e correu.
- Você vai ficar bem.
eu podia ouvir ele falando e então o carro explodiu comigo perto e então...
                                                                ----
Eu acordei ofegante, olhei para o relogio na minha mesa de cama, eram 6:59 o despertador começou a tocar, eu tirei as cobertas e me encaminhei até o banheiro, estav suada aquilo tudo era um sonho ou lembranças? Olhei para a minha escrivaninha e tinha um envelope. Me encaminhei até la..Olhei não tinha remetente abrir e lá tinha um anel e uma carta.
Ele foi embora, eu deveria esperar isso, afinal eu pedi que ele me deixasse. Me joguei na cama. Tudo que eu tenho eu destruo.
***********
Aqui está mais um Girls!
Quero mais de 5 Comentarios para o próximo okay?
Entrem  >> Eternal Flame
Xoxo ♥

6 comentários:

@thais100zanessa disse...

ain..que..ain..num sei o q dizer..esses misterios foram finalmente revelados..mais..se o zac a abandonar quem q vai protege-la?..vanessa sua burrinha..faça algo ..me deixou morrendo LINE U.Ú
beijinhos :* love ya s22

stephanie_95_7 disse...

Tão lindo =)
Adorei o capitulo, esta muito bom
Bjs

Anônimo disse...

lindo amei, mas sera que a vany vai perdoar o zac?
posta logo bjss

Margarida Oliveira disse...

Tenho andado pouco presente aqui, me desculpa mas é que ando um pouco perdida nas historias. Cap.muito bom

Anônimo disse...

o capitulo ta lindo, amei...
posta logo bjinhos

Anônimo disse...

aaai meldels o q sera *0*?! aha
mt curiosa posta logoooooo bjuss